Categorias:

Olá pessoal! Hoje vamos comentar sobre a minha última leitura em parceria com a Editora Arqueiro.
Esta história é daquelas que nos deixa o tempo todo agoniados, nervosos, tensos, em pânico, querendo saber o que vai acontecer, e se no final tudo irá dar certo. Para quem gosta de histórias que os protagonistas precisam lutar pela sobrevivência, aí está uma bela dica. Compararia este livro com "Perdido em Marte" e até com "Gelo Negro", sendo que este tem mais aquela pega de Thriller psicológico, mas a agonia na neve, o frio cortando são bem parecidos.

Ben Payne é um médico ortopedista, está retornando de um congresso.  No aeroporto ele acaba conhecendo a Ashley, ela é escritora, colunista em uma revista que fala sobre casamentos. Ela está prestes a se casar. O que eles não imaginavam é que o vôo deles seria cancelado por causa do tempo. Não se contentando com isso, Ben consegue um jatinho fretado, e sabendo da situação de Ashley, de casamento marcado, convida ela para dividir o frete e assim os dois conseguirão chegar em seu destino.

Por azar o piloto tem um ataque cardíaco, mas consegue pousar o jatinho em cima de uma montanha. Eles sofrem alguns ferimentos, como Ben é médico ele faz de um tudo para salvar suas vidas. Dentro do jatinho eles encontram o cachorro do piloto, e o colocam o nome de Napoleão e agora juntos lutarão pela sobrevivência.

Ashley é a que mais se machuca, sofre uma fratura no fêmur. A sorte deles é que Ben carrega em sua mochila remédios, analgésicos, e alguns equipamentos de montanhismo, pois tinha o costume de fazer montanhismo em suas horas vagas. Tudo que eles tem agora é o que tinham nas malas, e no avião. Como não avisaram ninguém sobre a viagem no jatinho, os dois terão que caminhar literalmente no meio das montanhas geladas, com muito frio, neve, e sem contar no perigo que correm com os animais, terão que caçar e aguentar o frio, nada será fácil. E Ashley com a perna machucada terá que ser carregada, que situação!

Resultado de imagem para resenha do livro depois daquela montanha
O que mais me chamou atenção na história foi a garra e a força de vontade que Ben teve, em nenhum momento ele pensou em desistir, ou deixar Ashley para trás, já que estava difícil de ir em busca de socorro com ela com a perna machucada. Para vocês terem uma noção, Ben tinha que ajudar Ashley a fazer suas necessidades, já que com a perna imóvel era complicado. Ben se mostrou um homem de caráter, em nenhum momento se aproveitou do momento para dar em cima de Ashley, já que os dois estavam ali juntos, só os dois, pelo contrário, ele fez de um tudo por ela, e manteve sua relação com ela como se fosse praticamente seu médico.

Com o passar dos dias, os dois foram desenvolvendo um sentimento de amizade, foram ficando cada vez mais próximos e compartilhavam fatos de suas vidas, se tratando com muito respeito, compreensão e foram muito fortes diante de tudo que passaram. Foram 28 dias no gelo, no meio do nada, Ben arrastando Ashley em cima de um trenó feito por ele, e assim enfrentaram de um tudo, em busca de socorro, de um abrigo. Na maior parte do tempo ficaram no gelo, no frio.

A história foi narrada em primeira pessoa por Ben, e em alguns capítulos foi intercalada por uma espécie de diário de viagem que Ben gravava em um gravador tudo que estava acontecendo com eles. Os personagens são cativantes e é impossível parar de ler, mesmo eu achando a leitura mais arrastada do que eu gostaria, mas o enredo é tão curioso, que só paramos de ler quando terminamos. É uma história memorável, vale a pena ler.

16 Comentários

  1. Oi Vanessa!
    Acho bem bonita essa capa.
    A história não me chama muito a atenção e se é arrastada, mesmo com os aspectos positivos que você ressaltou, não é algo que eu queira ler no momento.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Estou muito curiosa pela leitura e o enredo é muito interessante. ♥
    Art of life and books.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Nessa!
    Está todo mundo falando desse livro, mas eu não tenho muita vontade de ler... Quem sabe um dia
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção seis anos de Caverna Literária

    ResponderExcluir
  4. Que livro mais amor, amei essa capa! Sua resenha super me conquistou. Um super beijo, Blog Minuto de Bobeira , Instagram

    ResponderExcluir
  5. A capa desse livro é maravilhosa e eu achei o enredo muito interessante! Fiquei com muita vontade de conhecer melhor essa história, enquanto eu lia a sua resenha já fui imaginando as cenas na minha mente, amei sua resenha.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Vanessa.
    Eu li uma resenha desse livro ontem e fiquei muito querendo ler ele. A história parece ser linda. Uma vez eu li um livro que o pessoal ficava preso na neve também e era uma agonia. Nossa imagino a situação de ter um estranho te ajudando a fazer as necessidades fisiológicas. Assim que der eu vou comprar. Tomara que baixe o preço na Black Friday dai eu aproveito hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nessa!
    Que capa maravilhosa é essa em? Muito linda! Me fez até lembrar "A menina que roubava livros." Esse enredo encantador e essa que amei, parabéns, fiquei com muita vontade de ler.


    Beijos
    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Vanessa,
    Não conhecia o livro, mas fiquei curiosa com a história. Parece ser um bom thriller.
    Dica anotada!
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  9. Oi Nessa, tudo bem?

    A capa é linda, a premissa é instigantes, mas leitura arrastada? Não dá!!!
    Não leria hoje, mas quem sabe no futuro. Adorei os pontos que você abordou!

    Beijoos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia, aparenta ser maravilhoso.
    Ótima resenha.
    Beijos.
    http://vinteedoisdemaio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Nossa ele Parece Ser Bom..
    Quem Sabe um Dia Leio..

    Beijos ❤️

    https://apegoamaternidade.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  12. Oi, Vanessa!
    Personagens lutando pela sobrevivência sempre me chamaram a atenção, nunca li nenhum livro do tipo, só assisti a filmes.
    Esse livro com certeza iria gostar de ler, os personagens realmente parecem ser inesquecíveis!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Vanessa, boa tarde!
    Compartilho da sua "dor"...haha, também fui contra a maré e só insisti em ver até o fim da 1a temporada porque eram tantos comentários elogiosos que queria tirar a prova dos 9. Mas enfim, também acho que tinha elementos muito bons pra cativar. Não sou muito fã da Winona Ryder também, aí ajudou um pouco. Concordo com o comentário da Alana Magalhães de que a atmosfera nostálgica acaba interferindo na crítica.
    Bom saber que não estou sozinha e acho que todos temos de respeitar a opinião um dos outros porque muita coisa ainda agrada por modinha. É preciso ter suas próprias convicções independente das estatísticas.
    Abraços 😉

    ResponderExcluir
  14. Nossa, que agonia danada. Meu Deus, me coloco no lugar dos protagonistas, não gostaria de viver uma situação assim (nem parecida) nunca. Mas, pelo o que imagino, os fatos ocorridos foram obra do destino... será?!
    Nâo solicitei este livro, mas começo a me arrepender.

    Bj, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá, Vanessa.
    A premissa do livro é bem interessante, sem falar que essa luta pela sobrevivência deve ser, no mínimo, angustiante.
    Com certeza vou dar uma chance.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de novembro. Serão dois vencedores, dividindo 3 livros.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!