terça-feira, 26 de julho de 2016

Resenha: Sangue na Neve


Sangue na Neve
Jo Nesbo



Sinopse
O mestre do thriller escandinavo está de volta. Olav tem apenas um talento: matar pessoas a sangue-frio. Não há nada que ele preze mais que ter o poder sobre a vida e a morte. Porém, sua natureza sensível é proporcional às suas habilidades como matador de aluguel. Uma vez tentou roubar bancos, mas não deu certo – ele se sentiu tão culpado que foi visitar uma das vítimas no hospital. Agenciar mulheres para prostituição, idem – Olav se apaixona muito fácil. O assassinato foi tudo que lhe restou.
Ele leva uma vida solitária em Oslo até se ver envolvido em um trabalho importante para um dos mais perigosos chefes do crime organizado na cidade, Daniel Hoffman. Ao aceitá-lo, Olav finalmente conhece a mulher da sua vida, mas logo se depara com dois problemas. O primeiro é que ela é a esposa do chefe. E o segundo é que ele foi contratado para matá-la.


Olá pessoal, hoje eu venho comentar com vocês sobre um livro que eu li ontem em uma "sentada", leitura de um dia, fluida e um enredo muito bom, para quem gosta de thriller é uma dica. 

Olav é um matador, contratado pelo Daniel Hoffman para tais serviços, ele mata a sangue-frio. O que Olav não esperava é que Daniel lhe daria um trabalho um tanto estranho, matar sua própria esposa, Corina. Olav não aceita de imediato, e passa a observar Corina Hoffman em sua casa, a segue quando sai, fica na penumbra de sua casa vendo tudo que ela faz durante o dia. Aparentemente ela tem uma vida normal, mas o estranho é quando chega às 15 horas da tarde, um homem chega, tira o casaco, ela o encontra, o tal homem agride a Corina e depois tem relações com ela. Todos os dias a mesma coisa. Olav tem uma ideia, ele não vai matar a Corina, mas o amante. 

O interessante é que Olav de tanto observar Corina, ele nutri um certo sentimento por ela, ela é uma mulher bonita, sempre com vestidos diferentes, um coque no cabelo que o atrai, e ele não aguenta ver o tal o amante batendo nela, e porque ela aceita isso?

Olav põe em prática seu plano e mata o amante e liga para o Daniel para dar a notícia, mas o que ele não sabia era que o tal amante fosse um conhecido de Daniel, e muito próximo por sinal, e agora Daniel não gostou da mudança de planos. E agora? O que Olav irá fazer? 

A história é muito instigante e tem aquele ar de mistério, e a cada virada de página somos surpreendidos pelos personagens. Com a narrativa em primeira pessoa vamos acompanhando os pensamentos e sentimentos de Olav.  

Apesar do livro ter 152 páginas, eu achei que a história foi bem desenvolvida, com personagens bem construídos, e as reviravoltas nos surpreendem, eu adoro quando isso acontece, quando o autor nos engana.

Eu fiquei com aquele gostinho de quero mais, foi meu primeiro contato com a escrita de Jo Nesbo, e eu gostei muito, pretendo ler outros livros do autor.


sexta-feira, 22 de julho de 2016

Resenha: O Quarto Dia


Oi Pessoal, tudo bem?

Hoje venho comentar com vocês sobre a minha última leitura, livro que também fazia parte da minha listinha de leitura da Maratona literária.

Eu estava bem curiosa por esta série, acabei ganhando este livro no evento "Orgulho Nerd", e fiquei bem feliz, pois estava louca para lê-lo, e eis que chegou a hora. Já adianto que é uma história de terror, que nos faz sentir aquele "arrepio na espinha", medo do escuro e por aí vai...

Resultado de imagem para emoji fantasma

O Quarto dia
Sarah Lotz


Sinopse
Em O Quarto Dia, Sarah Lotz conduz o leitor por uma viagem de réveillon que tinha tudo para ser perfeita. Mas às vezes o novo ano reserva surpresas desagradáveis...
Janeiro de 2017. Após cinco dias desaparecido, o navio O Belo Sonhador é encontrado à deriva no golfo do México. Poderia ser só mais um caso de falha de comunicação e pane mecânica... se não fosse por um detalhe: não há uma pessoa viva sequer no cruzeiro.
As autoridades acham indícios de uma epidemia de norovírus, mas apenas descobrem os corpos de duas passageiras. Para piorar, todos os registros e gravações de bordo sofreram danos irreparáveis. 
Como milhares de pessoas podem ter sumido sem deixar rastro? Teorias da conspiração se alastram, mas só há uma certeza: 2.962 passageiros e tripulantes simplesmente desapareceram no mar do Caribe.

Este livro é o segundo de uma série, sendo que as histórias são independentes, não precisa ter lido o primeiro "Os Três", para ler este, eu mesma não li. Mas tudo indica que neste livro alguns fatores do primeiro livro são esclarecidos. 

Com uma narrativa em terceira pessoa acompanhamos os acontecimentos dentro do cruzeiro "Belo Sonhador", sendo que cada capítulo conhecemos a visão de algumas pessoas que estão no navio. O principal evento dentro do navio fica por conta de Médium Celine Del Ray, tudo indica que ela organizou esse "passeio" com seus seguidores, juntamente com sua assistente Maddie. Mas algumas pessoas que estão lá junto na viagem  julgam ela como uma charlatona, e dentre estas pessoas o blogueiro Xavier, ele esta abordo somente para desmarcar Celine, ele não aceita as coisas que ela faz e aforma que acaba manipulando as pessoas.

Dentre outros tripulantes conhecemos a Helen e Elise (as irmãs suicidas), são duas amigas que planejaram se matar no navio, mas enquanto isso elas vão aproveitando o que a viagem lhes oferece. A camareira Althea, Gary um cara que cometeu um assassinato dentro do navio, Jesse o único médico no cruzeiro, e Devi um dos guardas.

Quando tudo parece que está bem no 4º dia o navio para, a energia acaba e o caos começa, o wifi não funciona, os banheiros ficam sem água, os restaurantes ficam com dificuldades para fazer a comida, um vírus surge e algumas pessoas ficam doentes, o desespero começa. Neste meio tempo Celine não passa muito bem e Maddie fica muito preocupada com sua chefe, mas quando ela acorda parece diferente e coisas muito estranhas começam acontecer.

Celine reúne as pessoas e começa seu show, cada um do grupo tem um parente que morreu ou conhecido, e assim que as pessoas se aproximam de Celine, é automático, ela entre em contato com os mortos e começa revelar coisas para as pessoas. Quando a pessoa do grupo se da conta que é de si que Celine está falando, surge o desespero, e todos começam acreditar nos poderes de Celine. Maddie fica apavorada, pois vê que sua chefe está diferente, e começa se questionar como ela sabe de tais coisas?

No meio disso tudo ninguém tem respostas para o que está acontecendo, porque o cruzeiro parou, onde eles estão, porque wifi não volta funcionar, porque ninguém está indo para resgatá-los?? São tudo perguntas sem respostas, e o tempo vai passando, mais pessoas doentes e para piorar as pessoas começam a ver fantasmas. OMG!

E após cinco dias desaparecido, o navio aparece à deriva no Golfo do México, sem nenhum passageiro e tripulante. Onde foram parar essas pessoas, o que aconteceu de fato no navio?


Gente confesso que fiquei com medo em muitos momentos, a narrativa da autora é envolvente e nos deixa curiosos a cada capítulo. Os personagens foram bem construídos, cada um é um enigma e carrega um segredo. É uma leitura fluida e acabamos vivendo o terror e desespero dos passageiros. Gostei muito a forma que a autora conduziu a história, nos deixando confusos em muitos momentos, e ao mesmo tempo queremos desvendar os mistérios.

Não temos todas as explicações no final do livro, nós mesmos tiramos nossas próprias conclusões através dos noticiários e interrogatórios feitos no final do livro, e ainda sim ficamos confusos. Pelos comentários que eu vi na internet e entrevista da própria autora, essa é uma característica da escrita dela, e parece que a autora irá lançar um livro explicando esses fatores mal explicados do livro. Estou ansiosa!!

Indico essa leitura para quem gosta de livros de terror, de uma história instigante e curiosa.



segunda-feira, 18 de julho de 2016

Resenha: O ar que ele respira


Oi meus amores!

Venho hoje com a terceira resenha da minha maratona de leitura. Na verdade este livro não estava na minha lista de leitura, mas assim que o comprei eu não resisti e tive que passar ele na frente


O ar que ele respira
Brittainy C. Cherry

O Ar que Ele Respira
Sinopse
O novo romance da autora de Sr. Daniels.Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.


Sabe quando você lê um único livro de um autor e se apaixona pela escrita de cara? Eu sabia que leria qualquer coisa que essa autora publicasse e assim que vi este livro parei tudo para lê-lo, e foi perfeito!!

Nesta história conhecemos dois corações despedaçados pela dor da perda, e cada um está seguindo sua vida e lidando com a dor da sua forma, até que essas duas vidas irão se cruzar. 

Elizabeth perdeu o Steven, seu marido em um acidente e está tentando se reerguer por causa de sua filha, a Emma. Ela passou um ano na casa de sua mãe, e depois resolve voltar para sua casa onde vivia com Steven, em Meadows Creek.

Logo que chega na cidade, Elizabeth acaba atropelando o cachorro de Tristan, e em seguida vem a descobrir que ele é seu vizinho. Tristan é grosseiro, estranho, ninguém na cidade sabe direito o que aconteceu com ele para ter ficado desse jeito. Ele é sozinho com seu cachorro, muitos o julgam como louco, falam coisas horríveis a seu respeito, mas Elizabeth fica intrigada com os olhos obscuros de Tristan, ela faz de tudo para se aproximar dele, quer conhecer o seu passado e quem sabe até tornar-se amiga dele.

Tristan é um jovem de 24 anos, ele sofre pela perda de sua esposa e seu filho, mas na cidade ninguém conhece esse seu passado. Ele trabalha em uma loja mística da pequena cidade, corre com seu cachorro, e assim se resume a vida dele, até conhecer Elizabeth.

Os dois tem algo em comum, a dor da perda, e aos poucos começam a ficar próximos. Conversar sobre a dor, compartilhar os sentimentos é algo que faz bem para os dois, e quando percebem já estão se envolvendo, e ao mesmo tempo eles tem medo, medo de esquecer das suas perdas, de se apaixonar, medo do que os outros vão dizer, é uma situação complicada.

Essa história é intensa, a autora nos conquista nas primeiras páginas, e com forme vamos conhecendo os protagonistas e suas histórias, vamos ficando cada vez mais intrigados. O enredo é muito bom, a escrita da autora nos envolve de tal forma que é impossível parar de ler até terminar a leitura.

Preciso salientar que este livro é hot, com cenas muito "quentes", algo que me surpreendeu, pois não esperava. Mas penso que foi tudo na medida certa, cada cena de amor, o drama, o romance, foi tudo perfeito. Este livro é daqueles que ao longo da leitura vai nos revelando seus segredos, algumas reviravoltas e um final que nos deixa satisfeitos! Eu amei este livro!! 

Este livro faz parte da Série Elementos, sendo que este foi "O ar", cada livro é sobre um casal e um elemento, os próximos serão fogo, terra  e água. Já estou curiosa e louca para ler os próximos livros da série!!