segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Resenha: O doador de memórias



Oi meus queridos, tudo bem?

Bora começar a semana com dicas de leitura!!



O doador de memórias


O Doador de MemóriasSinopse


Em O doador de memórias, a premiada autora Lois Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existem dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não há amor, desejo ou alegria genuína. 

Os habitantes de uma pequena comunidade, satisfeitos com a vida ordenada, pacata e estável que levam, conhecem apenas o presente o passado e todas as lembranças do antigo mundo lhes foram apagados da mente. 
Um único indivíduo é encarregado de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. 
Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu mundo nunca mais será o mesmo. 
Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar. 



Quando eu vi o lançamento deste livro pela editora Arqueiro, fiquei bem curiosa para ler, ainda mais quando descobri que seria lançado filme nos cinemas. Resumindo, acabei não indo ao cinema, mas  o livro me surpreendeu.

Digo isso, porque não sabia que este livro era um relançamento da editora, que inclusive sua primeira capa é bem diferente. E outra, eu não havia lido a sinopse, então fui pega de surpresa.

Esse livro foi publicado pela primeira vez em 1993 com o título "O doador", sendo que o tema dele seria o top nos dias de hoje. "Fiquei de boca", quando li os primeiros capítulos, e vi que ele era uma história distópica (gosto, mas não é meu gênero favorito).

Como todo distópico alguma coisa acontece quando a pessoa atinge uma determinada idade, e aqui não é diferente. Aqui a questão é a profissão, Jonas tem 11 anos, e quando fizer 13 anos lhe será atribuído uma profissão e isso está o deixando bem preocupado. Jonas quer muito saber o que lhe vai ser atribuído e é numa cerimônia que ele fica sabendo que será o novo Guardião de Memórias.

Uauu, ele terá que guardar memórias de tudo que aconteceu, mas tudo mesmo, desde o seus antepassados. Então é aí que ele começa a sentir coisas que nunca sentiu, ou que jamais imaginou.

Escolhida, AComo todo livro distópico, aqui tem toda uma organização das famílias, pais e filhos. Tudo com sua denominação, e cada um terá sua profissão quando atingir essa idade. A partir do momento que Jonas recebe sua incumbência, os treinos começam e aos poucos ele vai descobrindo muita coisa dos antepassados. E o mais interessante são os sentimentos que lá ele vê, como o amor, algo que desconhece.

Eu curti o livro, mas confesso que não favoritei e não pretendo ler a sequência. Na verdade fiquei muito admirada quando vi que era um distópico, e a premissa não me fisgou como eu imaginava que seria.

O livro é fininho, menos de 200 páginas, se lê numa sentada. Para quem gosta do gênero é uma bela pedida. A série é composta por 4 livros, sendo que a editora Arqueiro acabou de lançar o segundo.





E vocês, já leram? Alguém assistiu ao filme??




Vanessa Pereira


sexta-feira, 21 de novembro de 2014

60º Feira do livro de Porto Alegre*



Oi meus amores, tudo bem com vocês!

Hoje eu venho falar com vocês sobre a Feira do livro que aconteceu aqui em Porto Alegre do dia 31 de outubro a 16 de novembro!

Para quem gosta de ler, essa feira é tudo de bom, porque sempre encontramos promoções, balaios de livros com preços ótimos e muitos livros com descontos!!

É um momento único, onde nos encontramos com diversos autores, participamos de eventos, passeio com os amigos, é um momento de festa e de muitaaaas comprinnhas!! hihihihi

Aii, pena que passou muito rápido e já terminou, mas comprei 11 livros no total, todos em ótimos preços!!


O primeiro final de semana foi perfeito, porque encontrei minha Diva Martha Medeiros!! :D

Aqui minha amiga Andreia e eu na fila!! Foram 2h de espera!!




Tive o prazer de conhecer a Paula Pimenta



Participei do encontro dos autores da editora Novo século e conheci as autoras 
Adriana Brazil e Samanta Holtz


Autoras muito queridas e simpáticas!! <3



Livros que adquiri na feira!! :D

(R$ 20,00 cada um)

(R$ 10,00 e 25,00)

                                                
(R$ 29,00 e 23,00)


(R$ 10,00 cada)


E nessa lista falta um livro que encomendei na feira e que já deve estar chegando!

Espero que vocês tenham curtido!!


Vanessa Pereira


segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Resenha: Amor sem limites



Oi meus amores, tudo bem?
Bora começar a semana com o fechamento de uma triologia.



Amor sem limites


Amor Sem LimitesSinopse

Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia. Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irresistível. Agora Blaire está grávida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo está garantido. O pai de Rush chega trazendo más notícias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem.




Essa triologia foi meu primeiro contato com a escrita da autora. Quando eu li o primeiro livro "Paixão sem Limites", eu amei a escrita da autora e decidi que leria todos os livros que a Arqueiro publicasse dela.

Infelizmente quando li o segundo "Tentação sem limites", não curti muito, mas mesmo assim eu quis ler o terceiro e ultimo, e aí foi decepção total. Gente, eu sempre acabo falando isso (paciência, srsrsr) o livro não é ruim, mas isso vai depender de cada pessoa e do momento de cada um.

Não quero soltar spoiler, mas neste livro temos a sequência da vida de Blaire e Rush. No primeiro livro eu amei tudo como aconteceu, o romance, problemas e como tudo foi se desenrolando e principalmente os momentos quentes do casal.

No meu ponto de vista, o segundo e terceiro livro foram desnecessários, porque não houveram grandes mudanças ou grandes acontecimentos, talvez poderia ter sido tudo em um livro só. Não alimentei expectativas, mas eu estava curiosa para saber como iria terminar essa trama.

Aqui temos a Blaire grávida e os problemas familiares de Rush, principalmente com sua irmã chatinha, a Nam. Nossa, que menina mais chata e neste último ela se superou.

De um modo geral, todos personagens me incomodaram neste livro, achei a Blaire bem sem sal e chata (e não irei culpar a gravidez, eheheh) e o Rush mesmo sendo um homem "perfeito", sei lá....não me convenceu. O pior que até as cenas "calientes" me incomodaram, pareciam forçadas.

O que destaco como positivo é a escrita da autora, muito envolvente e os capítulos curtos e intercalados entre Blaire e Rush, deixando a leitura mais rápida e também a diagramação da editora Arqueiro é ótima como sempre.

Eu esperava um final arrebatador, mas achei fraquinho, bem sem graça na real. Uma pena, esperava mais dessa triologia.

Num todo os livros são bons, e indico principalmente para quem gosta do gênero.




Vanessa Pereira